GEÓRGIA – uva e vinho

29/03/2010 03:05

Capital: Tüiflis
Área: 69.700 km2
Moeda: Lari

Área: ~50.600 ha
Produção por ano: ~1.150.000 hl

 

O ex-URSS, na Transcaucásia, é uma das regiões mais antigas da vinicultura. Cálices de cerâmica de 5.000 anos foram encontrados com sementes de uva branca Rkatsiteli e há indícios de que a tradição remonta há 7.000 anos, especialmente em Mukheta, Trialeti, Pitsunda e no vale de Alazan. Fábulas georgianas citam o amor pelo vinho.

No século IV, a Georgia tornou-se cristã. Na segunda metade do século XIX, os vinhedos ocupavam 70.000 hectares. No ano 2000, esta área era de 67.000 hectares, dos quais foram produzidos 750.000 hectolitros (cem litros) de vinho. A Vitis vinifera ainda existe. Conhecidas são a Aladasturi, Aleksandrouli, Kachichi, Krakhuna, Mudzhuretuli, Mtsvane, Odzaleshi, Orbeluri, Rkatsiteli, Saperavi, Tsitska, Tsolikouri e Usakhelouri, além da híbrida Isabella. As internacionais são Aligoté, Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Feteasca Alba, Feteasca Regala, Malbec, Merlot e Pinot Noir.

O clima é ideal para o vinho, continetal e sub-tropical, com chuvas de 300 a 600 ml no leste e 1.000 a 4.000 ml no oeste. 70% das uvas servem ao vinho e aos destilados. No ano de 1897, a vinícola mais antiga foi fundada em Tiflis, com uma coleção de cerca de 1.600 vinhos ou 150.000 garrafas, onde estão um 

Cognac de 1811, Madeira e Marsala de 1822, Sherry de 1848 e Tokajer de 1846. A uva da região é a branca Tsitska. Também são produzidos vinhos doces.

A Georgia é o melhor produtor de vinho da ex-URSS, sendo muito conhecidos os vinhos Achascheni (tinto), Anaga (branco), Chwantschkara (tinto), Kachetinskoje (branco), Kardanachi (branco), Mukusani (tinto), Napareuli (tinto, branco), Salchino (tinto), Teliani (tinto) e Tsinandali (branco).

 

Regiões produtoras no país

 

Principais vinícolas locais

 

  • Georgian Wines and Spirits
  • Samkharadze & Co ltd.
  • Tbilvino

 

 

 

Fonte: http://www.adega24.com/GuiadeVinhos/Regi%C3%B5esVin%C3%ADcolas/Europa/Ge%C3%B3rgia/tabid/347/Default.aspx

 

—————

Voltar