Os vinhos da música brasileira!! (Brincadeira feita pelo blog Enolegal)...

11/03/2010 12:14

 

http://www.vinhosdobrasil.com.br/blog.php?post=28
 
 
Vinhos são como música, acompanham nossa vida e marcam momentos. Tem gente que não esquece a trilha sonora do primeiro beijo, nem o aroma do vinho daquela reunião que decidiu um grande negócio. São coisas que conversam na poesia, na embriaguez e na intensidade. E alguém já imaginou se grandes nomes da música brasileira lançassem seus produtos? Como eles seriam? Numa brincadeira da equipe que edita esse blog, nasceram séries limitadas e inusitadas de grandes clássicos brasileiros. Leve tudo isso na irreverência, com muito bom humor e descomplicação dignos dos vinhos brasileiros!

Chardonnay Brown Junior
Uma porrada! Deixa qualquer sentimental muito mais Chorão... Esse branco com agradável frescor é um clássico, indicados para momentos de Papo Reto com aquela Proibida para Mim. Alertamos que o excesso pode causar brigas e desgaste nos relacionamentos, beba com moderação.

 
Charlie Brown Jr vinhos - Chardonnay Brown Jr

Babado Noir
Ueba.... o Babado Noir é o vinho da galera! Muito beijo na boca e babado na cabeça. Produzido com uvas cultivadas no até então inédito terroir baiano, o Babado Noir traz axé e notas cítricas super descontraídas, imperdível!

Babado novo é Babado Noir - Vinhos de banda

Brut & Marrone
Esse espumante seco não deixa dúvidas: com uma garrafa você vai dormir no banco da praça! O toque refinado dessa obra-prima contrasta com o alto teor alcoólico. Ideal para fim de relacionamento...

Bruno e marrone vinho - Brut e Marrone

O Grappa
O Rappa lança sua aguardente de vinho, graspa, ou simplesmente bagaceira. Esse licoroso tem aromas que lembram desde cascas de uvas até complexas lembranças dos destilados mais sofisticados. De norte a sul do país, Lado B Lado A, nas FMs mais variadas, “O Grappa” deve ser saboreado bem gelado, acompanhado de uma tábua de frios ou mesmo como aperitivo na beira da praia.

O rappa é o Grappa

Prosecos e Molhados
Um espumante único, com espírito da libertação e contestação setentista. Se você é daqueles com Sangue Latino nas veias e não tem medo de vira, vira homem; vira, vira; vira, vira lobisomem, o Prosecos e Molhados é ideal!

Secos e Molhados virou Prosecco

Gamay de Camargo & Luciano

Os Filhos de Francisco acertaram a mão nesse vinho de grande complexidade! Nem precisamos dizer que esse vinho É o Amor em forma líquida. Os aromas desse precioso vinho são em geral frutados, lembrando framboesa, goiaba, amora e morango. Só faltou tomate típico do interior de Goiás... Vale lembrar que Gamay se pronuncia Gamé.

Gamay de camargo e Luciano


Só para constar, esta brincadeira do blog do enolegal foi inspirada na coleção Wines That Rocks. Qualquer banda, usuário ou visitante que se sentir ofendido ou com algum direito violado, por favor, entrar em contato conosco para retirarmos o conteúdo.
 
 
Diego González

—————

Voltar